Notícias

Rastros na areia

Por Redação , 25/06/2020 às 16:12
atualizado em: 25/06/2020 às 16:13

Texto:

00:00 00:00

Esta noite eu tive um sonho. Sonhei que caminhava pela praia, tendo sempre a Tua presença a meu lado. E que na tela da noite estavam sendo retratados todos os meus dias passados. 

Olhei para trás e vi que a cada dia registrado no filme da minha vida, surgiam sempre duas pegadas diferentes na areia. Uma era a minha, a outra a do Senhor. Continuamos andando assim até que todos os meus dias se acabaram. 

Parei e olhei para trás. Reparei que em certos lugares, em certas passagens, havia uma só pegada. E estes lugares coincidiam com os dias mais difíceis de minha vida. Os dias de maior angústia, de maior solidão, de maior sofrimento.

Perguntei então a Ti Senhor: “Mestre, Tu dissestes que estarias comigo todos os dias de minha vida, nunca me deixando ao desamparo, e por isto, eu aceitei viver contigo, eu aceitei confiar em Ti. E no entanto, por que Tu me deixaste só, justamente nos momentos mais amargos de minha vida?  E Tu Senhor carinhosamente naquele momento me respondeu: “Filho, eu amo você, eu nunca te desamparei, na realidade, disse que estaria contigo por toda tua caminhada terrena e que não deixaria um minuto que fosse e não te deixei. Os dias em que tu vistes apenas aquele par de pegadas na areia, foram os dias em que eu estava carregando você no colo”.  

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O Flecheiro joga o seu 101° jogo pelo Cruzeiro #itatiaia

    Acessar Link