Notícias

Projeto que previa auxílio de até R$ 600 para pessoas carentes em BH é rejeitado na Câmara

Foram 14 votos a favor, 15 contra e 8 abstenções

Por Bryan Gonçalves, 13/08/2020 às 18:19
atualizado em: 13/09/2020 às 00:50

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Bernardo Dias/CMBH
Bernardo Dias/CMBH

O projeto que institui renda mínima para pessoas carentes em Belo Horizonte foi rejeitado pela Câmara Municipal nesta quinta-feira, em meio a mais uma batalha entre vereadores de esquerda e a Frente Cristã.

O projeto, que entrou em pauta em 13 de abril, pouco depois da instituição do auxílio financeiro do governo federal, foi votado exatos quatro meses depois de ser apresentado. 

Ele prevê um auxílio de até R$ 600, pagos com recursos da Prefeitura de BH, para pessoas carentes cadastradas em base de dados do poder público.

Foram 14 votos a favor, 15 contra e 8 abstenções. Para que fosse aprovado, eram necessários 21 votos a favor. Discursos acalorados e troca de farpas no plenário marcaram a discussão do texto.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link