Notícias

Operação 'Athena' prende suspeitos de violência contra a mulher no Rio de Janeiro

Ação da Polícia Civil marca homenagem aos 14 anos da Lei Maria da Penha

Por Agência Brasil, 13/08/2020 às 15:08
atualizado em: 13/08/2020 às 15:11

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Governo do Rio de Janeiro/Divulgação
Governo do Rio de Janeiro/Divulgação

Policiais civis cumprem hoje (13) mais de 100 mandados de prisão de foragidos da Justiça por crimes de violência contra a mulher no Rio de Janeiro. A operação Athena está sendo coordenada pelo Departamento Geral de Polícia de Atendimento à Mulher (DGPAM), da Polícia Civil do Rio, em homenagem aos 14 anos da Lei Maria da Penha.

Os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça a partir de inquéritos policiais concluídos por delegacias do estado, mas não inclui foragidos que estejam dentro de comunidades controladas por grupos criminosos armados, devido à restrição de operações em favelas durante a pandemia de covid-19, imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com a diretora do DGPAM, delegada Sandra Ornellas, somente em 2019 as delegacias de atendimento à mulher no Rio indiciaram 16.703 suspeitos de violência doméstica e familiar e solicitaram 20.930 medidas protetivas de urgência.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link