Notícias

Bandidos explodem agência em Brumadinho e trocam tiros com a PM; três assaltantes morrem

Por Redação , 14/08/2020 às 06:53
atualizado em: 14/08/2020 às 13:00

Texto:

Três criminosos que participaram de uma tentativa de explosão da agência da Caixa Econômica Federal de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, morreram e dois foram presos após troca de tiros com a Polícia Militar (PM) na madrugada desta sexta-feira em mais um crime do 'novo cangaço' em Minas Gerais. Moradores da cidade, que vivem o trauma causado pelo rompimento da barragem, passaram por momentos de terror.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

EXPLOSÃO EM AGÊNCIA DE BRUMADINHO ? Três criminosos que participaram de explosão na agência da Caixa Econômica Federal de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, morreram e dois foram presos após troca de tiros com a Polícia Militar (PM) na madrugada desta sexta-feira em mais um crime do 'novo cangaço' em Minas Gerais. Moradores da cidade, que vivem o trauma causado pelo rompimento da barragem, passaram por momentos de terror. ? De acordo com a PM, os criminosos explodiram caixas eletrônicos da agência localizada na rua Presidente Getúlio Vargas, no Centro da cidade. No entanto, o serviço de inteligência da polícia já tinha identificado a possibilidade da ação criminosa e surpreendeu o bando. ? Houve intensa troca de tiros. Três assaltantes foram atingidos e morreram durante atendimento médico. Outros dois invadiram uma casa e fizeram uma família refém. Após negociação, eles se entregaram e foram presos. Pelo menos duas armas foram apreendidas.

Uma publicação compartilhada por Rádio Itatiaia (@itatiaiaoficial) em 14 de Ago, 2020 às 3:29 PDT

De acordo com a PM, os criminosos explodiram caixas eletrônicos da agência localizada na rua Presidente Getúlio Vargas, no Centro da cidade. No entanto, o serviço de inteligência da polícia já tinha identificado que os homens haviam saído de Divinópolis para cometer o crime e surpreenderam o bando.

Houve intensa troca de tiros. Três assaltantes foram atingidos e morreram durante atendimento médico. Outros dois invadiram uma casa e fizeram três pessoas de uma família reféns. Após negociação, eles se entregaram e foram presos. Além da família, um homem foi feito refém no começo da ação criminosa, na noite passada.

Foram apreendidas quatro pistolas, uma escopeta e um colete à prova de balas.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link