Anônimo

Coluna do Anônimo

Veja todas as colunas

Esportes

13º ou jogador 01? 

15/09/2020 às 11:08

Taí uma dúvida que a torcida do Atlético deixou após o episódio da quase-contratação de Thiago Neves: os torcedores são o 13º jogador ou o primeiro? Se nas arquibancadas eles empurravam o time nos jogos, agora, fora delas, fizeram ainda mais: decidiram o presente e o futuro-próximo da equipe com o NÃO que faltou a diretoria dizer. 

Foi instantânea a reação entre a bomba soltada por Cadu Doné, no programa Bastidores, da Itatiaia, e as manifestações negativas dos torcedores quanto o retorno do atleta a Belo Horizonte, agora para o Atlético. No Google, o nome do jogador só não foi mais pesquisada do que no fim do ano passado, no mais que mastigado evento do áudio ‘Fala, Zezé’. No Twitter, as menções nessa segunda-feira, 14 de setembro, superaram qualquer época. E por aí, propagou-se uma das mais efetivas manifestações do futebol mundial. 

Se a diretoria do Atlético não soube ‘dublar’ para o argentino Sampaoli o quanto Thiago Neves era uma bola fora para o clube, coube aos torcedores falaram no português mais claro do mundo que ele não vestiria a camisa que, por muito e desnecessário tempo, zombou. 

Não é porque jogou no Cruzeiro, até porque foi protagonista do rebaixamento celeste. Não é porque foi para o Grêmio, fez 14 jogos e não mostrou bom rendimento, até porque o Atlético sabe bem recuperar um veterano. Não é porque seu histórico extra-campo é ‘badalado’, até porque o Atlético teve toda paciência do mundo com Cazares. Mas é porque, amigos, Thiago Neves feriu a instituição Atlético, e ela será para sempre defendida por quem a tem por direito: o torcedor. 

Eu, particularmente, nunca gostei de jogadores provocadores. Acho que o espírito esportivo precisa impor limite, e 'zoação' é papel do torcedor. Jogador provoca com a bola no pé. Torcedor zoa porque o time é dele, jogador joga bola porque a função é dele. Assim como a função de comandar é da diretoria. Mas o futebol é como uma empresa qualquer: quando o funcionário não colabora, é o dono quem tem que cobrar e resolver. 

O que os atleticanos fizeram agora serviu tardiamente para os cruzeirenses que viram Thiago Neves e sua trupe rebaixar o time, e no tempo certo para que os que hoje representam o Atlético entendam que quem manda no escudo é quem carrega ele no peito, não no uniforme. Que a torcida cada vez mais ocupe seu lugar de ‘jogador’ 01.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Na avaliação dos nomes do PSOL, a fala expressa preconceito com a população LGBTI+ e merece punição por discriminação, sobretudo por ter partido do presidente. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Testemunhas contaram ao Corpo de Bombeiros que a vítima não viu o carro e atravessou na frente do veículo. #Itatiaia

    Acessar Link