Notícias

Família não confirma que idosa tenha sido atacada e morta por pit bull

Por Redação , 17/06/2017 às 13:13
atualizado em: 18/06/2017 às 18:45

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

 

Familiares de Madalena Rodrigues, 89 anos, não acreditam que o cão da raça pit bull tenha atacado e matado a idosa, como informado pelo Corpo de Bombeiros na manhã deste sábado. O corpo de Madalena foi encontrado dentro da casa dela, no beco Paiva, na Cabana do Pai Tomaz, Zona Oeste de Belo Horizonte.

Inicialmente, o Corpo de Bombeiros divulgou que a idosa tinha sido atacada e morta pelo cão. No entanto, parentes da vítima que conversaram com a reportagem da Itatiaia suspeitam que a idosa caiu e bateu a cabeça. O cachorro, de nome Hitler, teria mordido o braço da idosa na tentativa de ajudá-la. Hitler fugiu e ainda não foi encontrado 

O caso será investigado pela Polícia Civil. O corpo da idosa foi encaminhado para o Instituto Médico legal (IML) da capital.

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    14.642 torcedores já garantiram ingressos para @americamg x @CRBoficial. Portões 2 e 3 da @arenaindepa esgotados. R… https://t.co/4mNITk7GtV

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Cruzeiro tentará composição junto ao São Paulo para adquirir Hudson em definitivo: https://t.co/ff1dSnyQDC https://t.co/5PucgaP0wj

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Ao tentar fugir, ele quebrou o vidro da porta giratória e se machucou. Uma testemunha diz que houve "pânico total" na agência.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    "A classificação para uma competição internacional pode mudar todo o planejamento do clube para o próximo ano. E digo isso já pensando nos reforços que a nova diretoria do Atl...

    Acessar Link