Notícias

Chile tem gol anulado por vídeo, mas marca mais dois e vence Camarões em estreia

Por Agência Estado , 18/06/2017 às 18:48

Texto:

O Chile sofreu um pouco, mas conseguiu estrear com vitória em seu primeiro jogo em uma edição da Copa das Confederações ao bater Camarões por 2 a 0, neste domingo, em Moscou, no confronto que abriu o Grupo B da competição que é o principal evento-teste para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. 

A primeira rodada desta chave será completada nesta segunda-feira, às 12 horas (de Brasília), quando a Alemanha, atual campeã do mundo e com uma seleção alternativa sem a presença de suas principais estrelas, enfrenta a Austrália em Sochi. 

Com o triunfo deste domingo, os chilenos já largaram com três pontos na chave, na qual terão como próximos adversários os alemães, na quinta-feira, às 15 horas (de Brasília), em Kazan. No mesmo dia, Camarões enfrenta os australianos, em São Petersburgo, às 12h, em busca da reabilitação em duelo decisivo para as pretensões de classificação dos africanos à próxima fase.

O JOGO - Atual bicampeã da Copa América, a seleção chilena tratou de tentar justificar desde o início o seu novo status de potência sul-americana ao ir para cima de Camarões e por muito pouco não marcou em seus dois primeiros ataques. Em apenas três minutos, Vargas já havia acertado uma bola na trave e Fuenzalida exigido boa defesa do goleiro Ondoa.

Camarões, embora acuado com o ímpeto chileno e claramente atuando com o objetivo de aproveitar contra-ataques, assustou em sua primeira boa investida ofensiva, aos 11 minutos, quando Jara errou passe aproveitado por Aboubakar, que invadiu pela esquerda e finalizou para boa defesa de Johnny Herrera.

O Chile, porém, tinha muito mais volume de jogo e quase marcou novamente aos 13 minutos, com Isla batendo cruzado da direita e vendo Ondoa praticar outra importante intervenção, o que se repetiria aos 24 minutos após chute de fora da área de Puch, que entrou no jogo como titular pelo fato de Alexis Sánchez estar se recuperando de lesão.

Os chilenos não se cansavam de perder gols e só foram encontrar o caminho das redes aos 45 minutos. Vargas recebeu belo passe nas costas da zaga e, aparentemente com o seu tronco na mesma linha do último defensor camaronês, tocou para marcar na saída de Ondoa.

Porém, após comemoração irreverente dos jogadores chilenos, o gol acabou sendo anulado por meio dos árbitros de vídeo, que ao reverem o lance pela TV enxergaram impedimento de Vargas. A marcação dos juízes gerou muita polêmica e vários protestos da equipe sul-americana, principalmente de Vidal, na saída para o intervalo.

Na etapa final, Camarões criou mais coragem para buscar o ataque e apresentou maior volume ofensivo, chegando a ter algumas oportunidades de marcar, mas o Chile seguia mais organizado em campo para poder buscar a vitória.

E ela começou a ser desenhada aos 35 minutos. Após receber passe na esquerda, Alexis Sánchez, que havia substituído Puch durante a etapa final, cruzou com precisão para Vidal cabecear para as redes e finalmente abrir o placar para o Chile.

O gol obrigou Camarões a buscar o ataque e permitiu mais espaços para os chilenos matarem de vez o jogo, o que acabou acontecendo aos 45 minutos. E agora com a equipe tendo o auxílio do árbitro de vídeo para o ter o gol validado após o bandeira anulá-lo. No lance, Sánchez invadiu a área livre, passou pelo goleiro e bateu. Um defensor salvou o gol na linha da meta em um primeiro momento, mas deu rebote para Vargas, que finalizou para as redes. 

O gol, entretanto, só foi ser validado após auxílio dos árbitros de vídeo, que anularam a marcação do bandeira, que viu impedimento, inexistente, de Vargas no rebote da finalização de Sánchez.

FICHA TÉCNICA

CAMARÕES 0 x 2 CHILE

CAMARÕES - Ondoa; Massoussi; Ngadjui, Teikeu e Fai; Siani (Ngamaleu), Anguissa (Mandjeck) e Sutchuin; Bassogog, Aboubakar e Bile. Técnico: Hugo Broos.

CHILE - Johnny Herrera; Isla, Medel, Jara e Beausejor; Vidal, Marcelo Díaz e Aránguiz (Francisco Silva); Fuenzalida (Valencia) Vargas e Puch (Alexis Sánchez). Técnico: Juan Antonio Pizzi.

GOLS - Vidal, aos 35, e Vargas, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Damir Skomina (ESL).

CARTÃO AMARELO - Jara (Chile).

PÚBLICO - 33.492 torcedores.

LOCAL - Spartak Stadium, em Moscou (RUS).

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ‘Conversarmos 600 vezes: se não der para ganhar a p... do jogo, não perde’, dispara Fábio Santos:… https://t.co/9amNgUHMdK

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Atlético perde mais uma vez em casa e se complica na briga por vaga no G7 do Brasileirão: https://t.co/5iZ6H4iCit https://t.co/C2gORGcpyv

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Já conferiu o Desafio do Clássico que o Pelando trouxe para o jogo Cruzeiro x Atlético no dia 22/10? Acesse o link e participe: http://bit.ly/2gl6HLK E se você quer promoçõe...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Atlético perde mais uma vez em casa e se complica na briga por vaga no G7 do Brasileirão: http://bit.ly/2yyeSN9

    Acessar Link